Quem Somos

Quem Somos

{:br}

Pedais pelo Mundo, uma viagem de bicicleta pelo Mundo que não tem data para terminar, explorando o universo da Fotografia, Filme, Cultura, Gastronomia e muito amor.

A paixão de viajar pelo mundo na magrela por Felippe surgiu desde 2007 durante o curso de Arquitetura e Urbanismo. Bastante envolvido com o planejamento urbano focado no uso da bicicleta como meio de transporte e também o cicloativismo, Felippe passou a conhecer o universo de viagens de bicicleta, o que passou a ser um sonho, afinal quem nunca sonhou em fazer uma aventura dessas?

Em 2009 já formado começou a trabalhar em um projeto de mobilidade na região Sul do Brasil, porém ao final desse projeto teve que voltar a sua cidade natal Aracaju – SE. Sem muitos planos começou a pensar no mestrado e durante esse processo hospedava algumas pessoas do Couch Surfing em sua casa, até que um cara, que ficou hospedado em sua casa, também se encantou com a idéia que Felippe tinha de viajar o mundo de bike, e o instigou a fazer uma pequena viagem pelo Brasil. Nessa brincadeira surgiu o Projeto Pedais pelo Mundo e assim passou um ano na estrada e foram por volta de 6 mil quilômetros.

No entanto Felippe durante essa viagem contava com a ajuda financeira do seu pai e em paralelo buscava patrocínio para o projeto, pois havia decidido que não queria continuar viajando desta maneira. Os patrocínios no fim não deram certo, voltou para casa e começou a pensar como iria fazer para trabalhar, juntar dinheiro e não criar raiz em nenhum lugar, foi então que em uma conversa na porta de um show, um amigo contou sobre seu plano de ir trabalhar em cruzeiros, Felippe então viu a oportunidade que precisava, foi investigar como ia fazer para embarcar em navio cruzeiros e assim o fez. Embarcou em seu primeiro contrato e juntou dinheiro para comprar a bicicleta que viajaria o mundo, foi quando nasceu a Carmem Miranda, nome carinhoso que deu a sua futura companheira.

Mariana nascida e criada em Sao Paulo capital, sempre sonhou em viajar o mundo desde adolescente, se formou em Turismo no ano de 2008, e desde então trabalha no setor da hospitalidade. Cansada de viver na selva de pedras, começou a buscar alternativas de qualidade de vida, em 2011 decidiu que queria ir morar fora do país, o intercâmbio seria a melhor opção para suprir essa vontade, mas o investimento era muito alto e naquele momento não seria viável, foi quando surgiu a oportunidade de trabalhar em navio de cruzeiros, o investimento era menor do que um intercâmbio, mas as oportunidades seriam quase as mesmas. Em Dezembro de 2011 Mariana embarcou em seu primeiro contrato, que durou 9 meses.

Felippe e Mariana trabalhavam para a mesma companhia de cruzeiros, mas fizeram o primeiro contrato em navios diferentes, e foi somente no segundo contrato que vieram se conhecer.

Mariana sempre teve o sonho de viajar o mundo, e desde o primeiro momento do relacionamento deles Felippe já havia contado a ela sobre os planos da viagem, foi quando ele a convidou para entrar nesse projeto de viajar o mundo de bicicleta, ela aceitou, e foi como um pedido de casamento. No entanto a Mariana não tinha uma bicicleta, não tinha equipamento e com isso o projeto voltou para estaca zero e tiveram que começar tudo de novo. Entre alguns contratos trabalhando em cruzeiros e os desafios de conseguirem estar juntos no mesmo contrato, decidiram abandonar a vida a bordo e viajar para fora do país em busca de melhor estabilidade financeira e qualidade de vida.

Foi então que optaram por viver na Nova Zelândia, conseguindo assim juntar todo o equipamento para iniciar a viagem com previsão de iniciar no final do inverno Neo Zelandês.

Nos acompanhe nessa empreitada mística.

{:}{:en}

Pedals dot World, is a bicycle trip around the world that has no date to end, exploring the universe of photography, movies, culture, cuisine and all the love around.

The passion to travel the world on a bicycle by Felippe started in 2007 during his Architecture and Urbanism course. Highly engaged on urban design and also cycle activism, Felippe started to discover the bicycle trip universe and began to dream of an adventure like that.

In 2009 after graduation started to work on an urban design project in the south region of Brazil, however at the end of the project had to come back to his hometown Aracaju – SE. Without plans started to think about a masters degree and meanwhile was hosting some people with Couch Surfing at your parents place, until one day, a guy that he was hosting got excited about Felippe’s dream to pedal the world and encouraged him to go on a bicycle trip around Brazil. Just like that was created the Pedals dot World and this trip lasted for one year and 6000  kilometres.

However traveling costs money, so he came back home and started to think how he could travel whilst  still earning and not create roots anywhere, it was in a night talk that a friend sparked his interest on working on cruise ships. Felippe then saw the opportunity that he was looking for, and obtained his first contract on a cruise ship. This enabled him to save the money to get the bicycle he will travel the world on, it was when “Carmem Miranda” was born, his future travel companion.

.

.

Mariana born and raised in Sao Paulo, since adolescence dreamed of traveling the world. Graduated in Tourism in 2008 and since then has worked in the hospitality industry. Tired of living in the concrete jungle, she started to seek alternatives of quality of life. In 2011 she decided to live abroad, and this was when the opportunity to work on cruise ships came up. In December 2011 Mariana  embarked on her first contract that last for 9 months.

Felippe and Mariana worked for the same company, but their first contracts were on different ships. They met on their second contract.

Mariana always had the dream to travel the world and since the first moment of their relationship Felippe told her about his future plans, it was when he invited her to be part of the bicycle trip project, it was like a marriage proposal and she said yes. However Mariana didn’t even have a bicycle or any equipment and the project went back to square one again. After four contracts working on cruise ships they decided to leave the life on board aside and go overseas seeking a better quality of life and financial stability.

{:}